23 maio 2012

Entrevista com: Paula Pimenta, parte I

É com muito prazer e alegria que o Petty Chérrie traz para vocês uma entrevista feita para o Blog com a Paula Pimenta. Para quem não conhece a Paula nasceu em Belo Horizonte, desde de pequena apresentou habilidade para escrita. Prestou vestibular para Jornalismo, mas após dois anos transferiu para Publicidade, curso no qual se formou. Sua carreira como escritora começou em 2001 quando lançou o livro de poemas "Confissão".
Mas paula ficou realmente conhecida em 2008, quando lançou o primeiro livro da série "Fazendo Meu Filme". O quarto e último livro da série- Fazendo Meu Filme 4- acabou de ser lançado, mas em 2011 ela lançou o primeiro livro de uma nova série, " Minha Vida Fora de Série".

      1.    Em que você se inspira para escrever?
Inicialmente tiro ideias da minha própria vida, de acontecimentos que já vivi. Mas aos poucos a história vai se desenvolvendo, criando forma, e então deixa de ser a minha vida e se torna a das personagens.

     2. O que você sente quando vê seus livros fazendo tanto sucesso?
Não esperava de jeito nenhum. Quando “Fazendo meu filme 1” foi lançado, eu nem de longe imaginava que ele passaria da 1ª edição. Estamos hoje na 8ª edição dele, mais de 70 mil livros vendidos, mas ainda hoje eu me alegro com cada elogio, cada e-mail, cada scrap, cada recadinho no twitter… E – como no primeiro livro – ainda fico ansiosa antes do lançamento dos livros novos, com medo de que as pessoas não gostem…

      3.  De onde veio a ideia para os títulos Fazendo Meu Filme e Minha Vida Fora de Série?
Como a Fani, eu também fiz intercâmbio, gostei do meu melhor amigo e também de um professor. Mas não da mesma forma e sequencia que aconteceu com ela. Apenas tirei ideia desses fatos que vivi para criar uma história diferente. Já “Minha vida fora de série” eu me inspirei em lugares e passagens da minha adolescência, mas nada muito concreto. Mas eu emprestei pra Priscila o meu próprio amor pelos animais. Assim como ela, eu também tenho um mini zoológico em casa...

     4.  Além de Minha Vida Fora de Série, você pretende lançar mais livros? Se sim, serão séries?
Antes da 2ª temporada de “Minha vida fora de série” (que deve ser lançado no final desse ano ou começo do próximo) publicarei um livro de crônicas – Apaixonada por Palavras – que está com o lançamento previsto para agosto. E no ano que vem darei início a uma nova série, dessa vez com uma protagonista viciada exatamente em livros! 



      5.  De onde surgiu o nome Estefânia? E porque você escolheu Brighton como a cidade onde Fani vai fazer intercâmbio?
O nome da Fani foi totalmente por acaso. Eu tinha um daqueles livrinhos de significados de nomes e quando comecei a escrever, resolvi em qualquer página, pra escolher um nome legal. E aí dei de cara com: “Fani: diminutivo de Estefânia”. E então minha personagem já nasceu com nome e apelido!
Sobre Brighton, eu morei um ano em Londres e ia muito a Brighton nessa época. Como eu queria escrever sobre um lugar que eu conhecesse bem, para poder descrever os cenários, optei por essa cidade. Eu não quis colocar Londres para que as pessoas não ficassem pensando que era um livro autobiográfico...

      6. Qual a melhor parte de ser autora?
Acho que o retorno dos leitores é o melhor de tudo. Saber que alguém leu e gostou muito de algo que escrevi é uma sensação mágica. E também a possibilidade de se viver várias vidas! Enquanto escrevo, eu me transporto para o mundo dos meus personagens...

7. Qual dica você daria para quem deseja ser escritor (a)?
Em primeiro lugar, acho que é importante ler muito. Geralmente, quem gosta de ler e tem esse hábito, escreve bem. Devemos também escrever sobre o que gostamos, pois quando escrevemos com paixão, os leitores sentem isso. Escrever sobre o que realmente conhecemos é importante também. Ao escolher um tema, certifique-se que você domina o assunto, para não se perder no meio da história. Depois que o livro estiver pronto, é preciso muita paciência e força de vontade pra procurar uma editora. Acho que esses são os passos fundamentais para quem quer escrever e publicar um livro.


Essa foi a primeira parte da entrevista com a Paula Pimenta, em breve postarei a segunda parte, se não o post fica muito grande!
Espero que tenham gostado,
  até o próximo post ;)



6 comentários:

  1. Ameeeei a entrevista! A Paula é muito fofa e simpática! Acabei de ler FMF hoje... Quase choro! hahaha, vou comprar MVFS! Muito lindo seu blog! Beijo, beijo.

    http://space4girl.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que você gostou! A Paula é muito fofa e simpática mesmo. Espero que continue nos visitando, ♥

      Excluir
  2. FMF vai ser lembrado por muito tempo e por muita gente. A história da Fani é mágica, dramática, engraçada e muito fofa. Amei todos os livros da Paula até agora, e isso só faz com que nós fiquemos cada vez mais ansiosos para os próximos.
    Tomara que ela venha mesmo na Bienal de Fortaleza o/

    ResponderExcluir
  3. Com certeza, impossível esquecer a Fani. Os personagens da Paula parecem ser tão reais que tornam nossos amigos.

    ResponderExcluir
  4. adorei! a Paula é uma fofa! conheci ela também, e não imaginava tanta simpatia...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Paula é muito fofa e simpática mesmo, ♥

      Excluir